Dr. Daniel Jorge

Técnicas Cirúrgicas



Patologias

Bico de Papagaio



A osteofitose, conhecida popularmente por bico de papagaio, é uma formação óssea anormal. Este problema pode levar a uma limitação dos movimentos, além de dores e incômodo na região afetada. Chega a atingir 60% da população, se manifestando após 50 anos.
O bico de papagaio é uma reação de tentativa de defesa do organismo, procurando com formações ósseas proteger articulações que estão instáveis devido à sobrecargas. Quando uma articulação sofre sobrecarga por excesso de peso ou por má postura, a superfície articular aumenta para diminuir a pressão sobre a região atingida. Esse aumento resulta em uma formação óssea que analisada no exame de raio-X se assemelha a um bico, daí o nome.
A deformidade óssea gerada por tais osteófitos pode inibir os movimentos das articulações do corpo, trazer desequilíbrio na distribuição do peso do corpo, além de sobrecarga na coluna, deixando articulações, tendões e ligamentos sob tensão excessiva, causando muita dor.

Hérnia de disco lombar e cervical



A coluna vertebral é composta por 33 vértebras: sete cervicais, doze torácicas, cinco lombares, cinco sacrais fundidas formando o osso sacro e quatro coccígeas também fundidas e formando o cóccix. Dentro delas há um canal por onde passa a medula nervosa ou medula espinhal.
Entre as vértebras cervicais, torácicas e lombares, localizam-se os discos intervertebrais, que têm o feitio de um anel constituído por tecido cartilaginoso e elástico cuja função é evitar o atrito entre uma vértebra e outra e amortecer o impacto. A hérnia de disco aparece quando parte dessa estrutura sai de sua posição normal e comprime as raízes nervosas que emergem da coluna e se dirigem para o resto do corpo.
Hérnia de disco pode ser assintomática ou provocar dor de moderada e leve intensidade até dor muito forte e incapacitante.

Escoliose



A escoliose é um desvio da coluna vertebral para a esquerda ou direita, resultando em um formato de "S" ou "C". É um desvio da coluna no plano frontal acompanhado de uma rotação e de uma gibosidade (corresponde a uma látero-flexão vertebral).

A escoliose é uma deformidade vertebral de diversas origens. As escolioses de um, ou outro grupo etiológico, podem ter prognósticos muito diferentes, pela distinta progressividade e gravidade de suas curvas. Para melhor entender a definição de uma escoliose, é preciso opô-la à atitude escoliótica:

Sem gibosidade
Sem rotação vertebral

A atitude escoliótica, é diferente da escoliose, e deve-se, em 8 entre 10 casos, a uma desigualdade de comprimento dos membros inferiores, e desaparece com o paciente na posição horizontal.

Bolsas ou mochilas pesadas não causam escoliose, pois não geram sobrecarga assimétrica contínua e intensa.

Bico de Papagaio
Hérnia de Disco
Escoliose
Telefones (11) 2344-2735 / (11) 2344-2700 • E-mail: docjorge@terra.com.br